Mattia Pasini (Kalex), Marcel Schrotter (Suter) e Miguel Oliveira (KTM) são os nomes que compõem a linha da frente, que arranca amanhã em Phillip Island, na Austrália, na 16ª ronda do Campeonato Mundial de Motociclismo.

Apesar das condições mistas em pista e da baixa temperatura do asfalto durante a sessão de treinos livres do dia, Miguel Oliveira conseguiu dominar com distinção o exigente traçado australiano. O piloto da Red Bull KTM Ajo entrou hoje em pista com uma nova afinação e foi pioneiro a baixar os tempos da sessão, acabando assim por liderar o FP3 com o tempo de 1m33.919s e a 2ª posição dos tempos combinados dos treinos livres na Austrália.

O início da qualificação foi marcado por um momento de impasse, com os pilotos e suas equipas a terem de tomar uma decisão quanto aos pneus a usar, após um breve aguaceiro sobre o circuito australiano. Miguel Oliveira entrou com pneus secos, mas a presença em pista de vários pilotos mais lentos impediu-o de estabelecer o seu ritmo durante boa parte da sessão. Já nos últimos 10 minutos, o piloto de Almada conseguiu encontrar espaço em pista para fazer uma sequência de voltas rápidas, estabelecendo o tempo que lhe viria a conceder o 3º lugar na grelha de partida.

#44 Miguel Oliveira
“Foi um pouco estranho no início, começou a chover assim que saímos para a pista, o que fez que tivéssemos de alterar o nosso plano. Mas correu tudo bem, senti-me bem com a moto. Fiquei um pouco desapontado por não conseguir ser mais rápido, senti que tinha mais para a fazer, mas encontrei alguns pilotos mais lentos à minha frente. Tenho pena de não ter conseguido um melhor ritmo, mas estou confiante para amanhã.”

A prova de amanhã, domingo, a antepenúltima da temporada, realiza-se às 4:20, hora de Portugal continental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here