Armada lusa em destaque na taça do mundo de Supermoto

Arranque positivo para os sete pilotos lusos na Taça do Mundo de Supermoto em Montalegre.

A Taça do Mundo de Supermoto cumpriu hoje o seu primeiro dia de acção, com 25 pilotos em pista, sete dos quais, lusos. Na primeira sessão de treinos confirmou-se o favoritismo atribuído ao piloto francês Thomas Chareyre, já que liderou a tabela de tempos aos comandos da sua TM, com o tempo de 58.847 segundos. O primeiro piloto português a surgir na tabela classificativa foi Sérgio Rego, em 18º, com um tempo de 1:03.947, separado por escassos milésimos de segundo de Cristiano Fernandes, em 19º. Nuno Rego foi 20º, Hugo Silva 23º, Ivo Gracio 24º e Filipe Marques 25º.

Na primeira manga, o Alemão Markus Class impôs-se a Chareyre, separados por escassos milésimos de segundo. O austríaco Lukas Hollbacher fechou o pódio no primeiro dia. Cristiano Fernandes foi o melhor representante luso em pista, fechando este primeiro dia de competição como 17º colocado, na frente de Nuno Rego, em 18º, Nuno Pinto em 19º, Hugo Silva em 20º, Filipe Marques em 22º e Ivo Gracio em 24º. Sérgio Rego terminou a primeira manga como 18º colocado, mas uma penalização no final da prova, no teste de ruído (a moto do piloto luso partiu o silenciador) fez com que a direcção de prova o penalizasse com a perda de cinco lugares, terminando assim na 23ª posição.

O segundo dia de competição prossegue amanhã, com o warm up a ter lugar às 9h40 e a primeira de três mangas está agendada para as 11h40.

Pode acompanhar toda a acção no site oficial do Circuito Internacional de Montalegre em www.cm-montalegre.pt.