Contacto – Testámos os Bridgestone Battlax S22 em pista

Capazes de um nível de aderência surpreendente, quer no molhado como em piso seco, os novos Bridgestone Battlax S22 oferecem melhores prestações que os antecessores em todos os níveis, mantendo a já excelente longevidade.

Texto: Marcos Leal.

Anterior
Seguinte

Composto refinado

Em pista os Battlax S22 destacaram-se pelas prestações e na confiança que transmitem em seco e molhado.

A construção do pneu dianteiro aposta mais uma vez na utilização de 3 zonas de borracha diferente, mais dura na parte central e macia nas duas zonas laterais para oferecer maior aderência em curva. A construção da carcassa continua a apoiar-se no uso da estrutura Monospiral Belt, que foi optimizado uma vez mais no desenvolvimento do S22.. No pneu traseiro a composição da área de contacto com o piso tem 5 zonas de diferentes borrachas, mais dura no centro e que se torna cada vez mais macia, para as zonas laterais e bordo.

De destacar que o novo composto de borracha utiliza moléculas de sílica de muito menor tamanho, o material, cerca de 25% mais, em contacto com a estrada a cada momento. Segundo dados da Bridgestone, este novos Battlax S22 conseguem oferecer um aumento da velocidade em curva em 15%, que significa uma melhoria de 1,2% no tempo por volta. Mas a maior diferença nos tempos por volta acaba por ser no molhado, onde os tempos por volta com uma BMW S1000RR na pista de teste da Bridgestone, melhoraram em 5% entre estes pneus e os S21.

Novo composto da zona central do pneu com uso de moléculas de sílica mais pequenas resultam num contacto de 25% mais deste material com o asfalto.
Anterior
Seguinte