Manifestação contra inspecções às motos em várias cidades

A manifestação de protesto nacional promovida pelos motociclistas contra as inspecções às motos irá decorrer no Porto, Coimbra, Lisboa, Faro, no Funchal e em Porto Santo.

O Grupo Acção Motociclista – GAM, que é composto por vários motociclistas com responsabilidades no sector das duas rodas nas suas mais diversas dimensões, seja a nível económico, social e associativo, volta a tomar a dianteira para organizar e promover uma Mega Manifestação Nacional contra as inspecções às motos no próximo dia 16 de Outubro, pelas 16h00, onde são esperados milhares de motociclistas que irão dar voz ao descontentamento e “lutar pela defesa das motos e do motociclismo e, sobretudo, porque não é aceitável algo que não vai alterar nada em termos de segurança rodoviária e apenas representará mais uma despesa e perda de tempo para os motociclistas,” pode-se ler num dos post da pagina de Facebook do GAM.

Locais da Manifestação – 16 DE OUTUBRO às 16h00
A terceira manifestação nacional de protesto contra as inspecções às motos irá decorrer no Porto, Coimbra, Lisboa, Faro, no Funchal e em Porto Santo.

Locais de encontro dos motociclistas e de destino da manifestação em cada uma destas cidades:

PORTO – Av dos Aliados até ao regresso à Av. dos Aliados;
COIMBRA – Parque do Choupalinho junto ao Exploratório Centro de Ciência Viva de Coimbra até à Praça da República;
LISBOA – EXPO no Estacionamento junto à foz do Rio Trancão até ao Rossio;
FARO – Estacionamento frente ao Estádio do Algarve até ao Jardim Manuel Bivar;
FUNCHAL – Av. Sá Carneiro até ao Palácio de São Lourenço;
PORTO SANTO – Praça de Táxis – Av Manuel Gregório Pestana Júnior até ao Parque de Estacionamento da Escola de Nossa Senhora da Conceição.

Para acompanhar os desfiles em moto serão produzidos slogans e cartazes que estarão brevemente disponíveis para download na página de Facebook do Grupo de Acção Motociclista. À semelhança de anos anteriores, estes materiais servirão para passar a mensagem através da impressão e colocação nas motos, nas costas, ou em qualquer outro local bem visível aquando do desfile.

O Manifesto ficará também disponível para download. Este Manifesto Motociclista pretende esclarecer os fundamentos da nossa indignação e consequente protesto relativamente à implementação da obrigatoriedade das inspecções às motos. Será entregue aos órgãos de comunicação social e na Assembleia da República a todos os grupos parlamentares.

Ainda sobre esta inciativa, o GAM pretende que os manifestantes marquem presença no ponto de partida e não nos locais de chegada.

Saiba mais em www.facebook.com/gamportugal.

Outros artigos:

Motociclistas mobilizam-se para contestar inspecções às motos

Inspeções a motos com mais de 125 cc a partir de janeiro 2022