MV Agusta Superveloce refina-se para 2021

O modelo desportivo de traço retro da MV Agusta refina-se para 2021 e surge agora com uma nova versão S.

A Superveloce foi lançada há dois anos e desde então tem mantido uma aura de exclusividade como parte do seu sucesso de vendas, quer na sua linha que se mantém no catálogo a tempo inteiro, quer nas suas edições especiais de produção limitada.

O ano de 2021 marca o momento da casa transalpina fazer um upgrade no traço retro que distingue esta Superveloce, no seu bloco três em linha para que passa estar em conformidade com a norma Euro5, além das evoluções tecnológicas firmadas na sua electrónica.

A nível mecânica a atenção foi colocada, por exemplo, no aprimoramento de algumas peças de modo a reduzir a fricção interna do motor. O sistema de escape também foi alvo de atenção, contribuindo agora para uma melhoria na entrega de potência em toda a gama de rotações.

Já a centralina recebeu uma atualização de firmware, onde se incluiu a adoção de um novo algoritmo de controlo do motor, com resultados otimizados na gestão de gases.

No final, o resultado destas e outras alterações mecânicas colocam ao dispor do punho direito desta nova Superveloce 147 cv de potência às 13.000 rpm e um binário de 88 Nm às 10100 rpm – ao mesmo tempo que garantem neste três em linha de 798 cc a almejada conformidade com a norma Euro5.

Por outro lado, o chassis em treliça da Superveloce pouco mudou, apesar de ter recebido novas placas laterais no quadro, o que aumentou a rigidez torsional e longitudinal do conjunto.

Esta nova Superveloce oferece ainda o Quick-Shift EAS 3.0 com função bidireccional, o que lhe proporciona passagens de caixa mais precisas, rápidas e suaves.

No cômputo da electrónica, o novo modelo retro desportivo da casa de Varese vai surgir com uma nova plataforma de medição inercial (IMU), desenvolvida integralmente pela casa italiana e-Novia em colaboração com a MV Agusta.

Já o ABS, agora produzido pela Continental, está mais evoluído, permitindo por exemplo mais eficácia e precisão no controlo de tração. Também os sistemas Anti-wheelie e Launch Control evoluíram, a par das restantes ajudas à condução.

A par da nova gama de cores da Superveloce 2021, a MV Agusta passa a oferecer uma versão S, dotada de acabamentos estéticos em tons branco e dourado, contando ainda com um banco forrado a alcântara, jantes de raios e ainda com um kit desportivo destinado às pistas.

Relativamente a preços, sabe-se que para Itália começam nos 20.700 euros para as duas combinações de cores Ago Red/Ago Silver; e Pear Metallic Yellow/Matt Metallic Graphite, enquanto que a versão S tem um custo de 23.600 euros.

Para Portugal, os preços ainda não foram divulgados.

Outros artigos:

MV Agusta Superveloce Alpine

MV Agusta Superveloce 75 Anniversario