Em dia de regresso ao Kartódromo de Évora e os seus sempre espectaculares 1000 metros de circuito, foram 16 os jovens pilotos que integraram a mais extensa grelha de sempre do Velocidade 2020, competição de iniciação à velocidade promovida pela Federação de Motociclismo de Portugal e que cumpre o seu segundo ano de existência.

Com bastante público a acompanhar a prova, terceira do calendário depois de Santo André e Bombarral, esta tornou-se na prova recordista em termos de participantes e proporcionou excelentes momentos logo desde os treinos que se iniciaram às primeiras horas da manhã depois das habituais verificações técnicas. Tal como em 2017 a prova realizou-se em conjunto com uma das etapas da Oliveira Cup num dia recheado de boas corridas e mais cerca de quatro dezenas de jovens pilotos em pista divididos pelas três categorias em pista.

Em tarde de temperaturas amenas e com as melhores condições de pista o pódio em ambas as corridas contou com os mesmos nomes de pois de intensas 13 voltas realizadas em cada um dos duelos. Lourenço Vicente foi o vencedor em ambos os confrontos para subir pela primeira vez ao topo de pódio nesta época 2018, batendo em ambas ocasiões Beatriz Ramos por escassa margem – sempre inferior a 1 segundo – cabendo a Manuel Fonseca a posição mais baixa do pódio. A primeira manga teve diferenças mais reduzidas entre os protagonistas, com Lara Baleia a ser a quarta a  pouco mais de seis segundos ao cruzar a linha de meta na frente do regressado Tiago Balhé, o vencedor em 2017 e que fez aqui a sua primeira corrida na categoria em 2018. Lara foi novamente quarta na segunda corrida, agora na frente de Martim Jesus.

“Este foi um dia onde ficou bem claro que este formato do Velocidade 2020 tem capacidade de atrair pilotos para a velocidade com baixos custos e segurança. É uma aposta que vamos continuar a manter e evoluir para tentar encontrar ainda melhores condições para que os jovens possam praticar motociclismo tal como temos tentado no motocross e no enduro. Um dia em grande aqui em Évora que encheu o coração a todos os envolvidos neste formato.” comentou Manuel Marinheiro, presidente da Federação de Motociclismo de Portugal, após a entrega de prémios aos mais jovens pilotos da velocidade nacional. Mais uma vez estiveram igualmente em pista os pilotos do Troféu Escola Oliveira Cup, com vitórias para Pedro Matos na classe Ohvale e Pedro Fraga nas MiniGP depois de duas mangas que ‘encheram’ igualmente o traçado alentejano. A próxima ronda do Velocidade 2020 e do Oliveira Cup será no dia 8 de Julho no regresso ao Kartódromo Internacional de Santo André.

Classificações

Velocidade 2020 Corrida 1

1º Lourenço Vicente – IMR com 13 voltas
2º Beatriz Ramos – IMR a 0.629s
3º Manuel Fonseca – IMR a 1.459s
4º Lara Baleia – IMR a 6.282s
5º Tiago Balhé – IMR a 7.102s
6º Martim Jesus – IMR a 14.493s
7º Fernando Santos – IMR a 17.254s
8º Francisco Pires – IMR a 40.774s
9º Henrique Morais – IMR a 41.093s
10º Afonso Cruz – IMR a 51.454s

Velocidade 2020 Corrida 2

1º Lourenço Vicente – IMR com 13 voltas
2º Beatriz Ramos – IMR a 0.396s
3º Manuel Fonseca – IMR a 19.318s
4º Lara Baleia – IMR a 21.454s
5º Martim Jesus – IMR a 31.527s
6º Fernando Santos – IMR a 33.150s
7º Tiago Balhé – IMR a 33.383s
8º Gonçalo Veiga – IMR a 43.515s
9º Guilherme Leandro – IMR a 43.965s
10º Gonçalo Moreira – IMR a 45.801s

Classificação Ohvale – Top 5

1º Pedro Matos #13 com 70 pontos
2º Bárbara Magro #69 com 65 pontos
3º Guilherme Gomes #38 com 45 pontos
4º Vasco Fonseca #48 com 39 pontos
5º Lourenço Vicente #11 com 33 pontos

Classificação MiniGP – Top 5

1º Pedro Fraga #13 com 75 pontos
2º Rafael Damásio #96 com 53 pontos
3º Diogo Pires #28 com 49 pontos
4º Dinis Borges #16 com 45 pontos
5º Miguel Santiago #70 com 33 pontos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here