KTM 1290 Super Duke RR: Uma besta prestes a sair da jaula

Com uma edição limitada a 500 unidades, a nova KTM 1290 Super Duke RR entra em comercialização a partir desta quinta-feira, 8 de Abril. Uma besta prestes a ser solta.

Tal qual uma besta enjaulada, a nova KTM 1290 Super Duke RR está prestes a libertar a sua fúria quando abrirem as vendas online esta quinta-feira, 8 de Abril. A sua produção, limitada a apenas 500 unidades, promete uma corrida curta, mas desenfreada à aquisição desta nova “besta” da KTM de edição especial e limitada.

Com base na KTM 1290 SUPER DUKE R, a marca austríaca forjou uma verdadeira máquina furiosa, o suficiente para ostentar a sigla “RR”, posicionando-se no topo da linhagem naked da marca, numa declaração de princípios fundamental: “Pura Performance”.

Os números falam por si: são 1301 cc para 180 cv de potência, 140 Nm, e apenas 180 kg – o que se traduz numa relação de potência/peso de 1:1, e com um binário suficiente para “rasgar o asfalto”.

São menos 9 kg, numa cura de emagrecimento que foi conseguida graças à optimização de vários componentes, inclusive com a adopção de novas jantes forjadas, que ajudaram a retirar 1,5 kg de massa suspensa, e a montagem dos pneus ultra-aderentes Michelin Power Cup2.

No seu processo de redução de peso, a nova 1290 Super Duke RR ganhou também várias aplicações em fibra de carbono, nomeadamente no sub-quadro traseiro que foi redesenhado para apenas oferecer um lugar.

No entanto, a maior área de influência na melhoria de prestações dinâmicas chega pela mão dos componentes de excelência das suspensões WP. Na frente, esta RR conta com uma forquilha WP APEX PRO 7548 totalmente ajustável, suportada por um amortecedor de direção WP APEX PRO 7117. No eixo traseiro, a responsabilidade é de um amortecedor APEX PRO 7746, feito à medida e de acordo com as especificações “hyper” da KTM 1290 SUPER DUKE RR.

Por baixo da sua silhueta em carbono esconde-se ainda um pacote de ajudas eletrónicas, com destaque para o modo de condução Performance que promete parametrizações extremas para extrair todo o fulgor desta máquina RR. Este é o mais abrangente e evoluído sistema de configurações electrónicas já alguma vez visto numa KTM, com um total de cinco modos de condução (STREET – SPORT – RAIN – TRACK – PERFORMANCE). Mas para aqueles que não se satisfaçam com esta oferta “bestial”, a marca austríaca oferece ainda um exclusivo pack KTM PowerParts.

O bicilíndrico em V desta KTM 1290 SUPER DUKE RR chega naturalmente com a homologação Euro5.

Se quiser fazer parte do grupo restrito dos 500 proprietários desta besta, saiba que a jaula se abre hoje, 8 de Abril. Mas tem de se preparar para desembolsar 24.899 euros, mais 2458.08 euros para a linha de escape Akrapovic, vendida como opcional.

As vendas serão feitas online, num micro-site criado pela KTM para o efeito.